logo live news
Celebs

Masculinidade tóxica: The Rock reflete sobre e cita depressão na juventude

03/18/2022 11:54 PM

Dwayne Johnson, o The Rock, levantou questões importantes a respeito da saúde mental dos homens. O ator de 49 anos citou quadros de depressão na juventude e dificuldade para externar seus sentimentos. Em 2018 ator revelou sua batalha contra a depressão na juventude pela primeira vez e disse que, à época, não queria fazer nada, além de chorar constantemente. As informações são do portal E! News.

O ator alerta em como a masculinidade tóxica afeta também aos próprios homens e citou sua experiência para falar do assunto, que até hoje, muitos lutam para que tenha mais visibilidade. “Cresci como filho único, e sendo um homem”, começou.

“Você sabe, não é da nossa natureza falar sobre isso porque nos faz sentir vulneráveis. Não queremos nos sentir vulneráveis. Isso nos faz sentir fracos, não devemos nos sentir fracos”, reflete sobre os quadros de depressão que já enfrentou na sua juventude, afirmando que guardar isso para si não faz bem.

O astro, que é pai de três meninas, explicou que nem sempre teve todas essas certezas sobre a vida, mesmo tendo a primeira filha, Simone, já aos 29 anos. “Não posso falar por todos os caras, mas para mim, quando você está na casa dos 20 anos, ainda é um bebê, ainda é uma criança. Quando você está na casa dos 30, ainda está tentando descobrir as coisas. Se tiver sorte, talvez descubra as coisas aos 40. Então, eu e minha filha Simone crescemos juntos”, fala The Rock.

Toda a sua resistência em se abrir fez com que ele se sentisse impotente quando teve o que chamou de “primeiro ataque de depressão”, em 1990. Depois, encarou outro período depressivo e que o pegou mais forte.