logo live news
music

Integrante de banda ucraniana manda mensagem de Kiev e faz apelo: ” O povo inocente está sofrendo”

02/27/2022 1:33 AM

Desde a última quinta-feira, 24, a Rússia deu início a uma operação militar invasiva na Ucrânia ordenada pelo atual presidente Vladimir Putin, com o intuito de tomar a nação. De acordo com a última atualização do Ministério da Saúde da Ucrânia, 198 pessoas já foram mortas desde o início da ofensiva russa, entre elas três crianças.

Eugene Abdukhanov, baixista da banda ucraniana Jinjer, usou as redes para enviar uma mensagem de repudio e desaprovação às ações russas em seu país e pediu ajuda a todos para que haja uma pressão sob o governo russo. Segundo Eugene, essa guerra é injustificável e deve cessar imediatamente.

“Olá, Mundo. Eu estou falando de Kiev, capital da Ucrânia, que está sob o cerco das tropas russas. É 5h da tarde de sábado.

Primeiro de tudo, todos os membros do Jinjer que estão atualmente em Kiev estão relativamente seguros e bem, isso dentro do o possível durante esses dias sombrios. Em segundo lugar, agradecemos a todos os nossos fãs em todo o mundo pela solidariedade conosco e nosso país e por se oporem à barbárie dessa guerra iniciada por Putin aqui na Ucrânia, em 24 de fevereiro”, relata Eugene em vídeo publicado em suas redes.

“Eu gostaria de falar com todas as pessoas do mundo, todos os nossos fãs, fãs de música, metalheads do mundo inteiro, especialmente se você for da Rússia. Esta guerra não pode ser justificada por nada, não importa o que a propaganda diga. Ninguém merece o que estamos passando agora aqui na Ucrânia. O povo inocente da Ucrânia está sofrendo”, continua o músico em seu relato. As informações são do portal RockBizz.

Além de Eugene, outros vários nomes importantes e reconhecidos do mundo do rock se manifestaram contras ações tomadas pela Rússia e prestaram solidariedade à Ucrânia, como é o caso do Adam Lambert da banda Queen, que escreveu em seu twitter: “Mandando todo o meu amor para a Ucrânia”.