logo live news
Celebs

Príncipe Harry sentiu que estava ‘sendo apagado da família’, afirma livro

11/29/2021 3:12 PM

A decisão da rainha Elizabeth II de supostamente remover uma foto de seu neto Príncipe Harry e sua nova família fez com que o Duque de Sussex sentisse que ele estava “sendo apagado da família”.

A alegação foi feita pelo autor best-seller Christopher Andersen em seu novo livro que será lançado na terça-feira intitulado “Irmãos e Esposas: Dentro das Vidas Privadas de William, Kate, Harry e Meghan”.

Nele, Andersen citou uma fonte que afirmou que a monarca britânica reinante mandou um assessor do palácio mover um retrato do Duque e da Duquesa de Sussex e de seu filho Archie, que tinha oito meses na época, fora das câmeras antes de gravar sua transmissão de férias de 2019, informou o Page Six na segunda-feira.

Queen Elizabeth II records her annual Christmas broadcast in Windsor Castle, Berkshire, England, circa 2019.
A Rainha Elizabeth II grava sua transmissão anual de Natal no Castelo de Windsor, Berkshire, Inglaterra, por volta de 2019. (Foto: Steve Parsons – WPA Pool/Getty Images)

“Todos estavam bem, menos um, [a rainha] disse o diretor”, alegou a fonte. “Então ela apontou para a foto de Sussex e disse: ‘Essa, suponho que não precisamo’.”

Seu irmão mais velho, príncipe William, ficou supostamente “horrorizado” quando percebeu que a foto em questão estava faltando na programação. A fonte alegou que William de 39 anos disse à esposa Kate Middleton que seu irmão provavelmente ficaria “terrivelmente chateado”.

Andersen também afirmou que após a transmissão, Harry teria dito a um amigo que ele “sentia como se ele, Meghan e Archie estivessem sendo apagados da família”.