logo live news
news

Com estado de emergência em Tóquio, Jogos Olímpicos não terá público

08/07/2021 16:39

Faltando 15 dias para a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos, o primeiro-ministro japonês Yoshihide Suga declarou estado de emergência na capital do país pela quarta-vez, devido ao aumento de casos de Covid-19 no local. Com isso, a ministra responsável pelas olimpíadas, Tamayo Marukawa, confirmou que o evento não terá a presença de torcedores.

“Levando em consideração o impacto da variante delta e para evitar que o ressurgimento de infecções se espalhe por todo o país, precisamos intensificar as medidas de prevenção ao vírus”, anunciou o premiê ao revelar que o estado de emergência irá se estender até o dia 22 de agosto.

Porém, o ministro Yasutoshi Nishimura, encarregado da gestão da pandemia no país, revelou que o governo ainda pode suavizar as restrições “se os efeitos da campanha de vacinação forem claros e se assistirmos a uma melhora da situação”.

As olimpíadas já foram adiados em um ano por causa da pandemia do novo coronavírus e irão acontecer entre 23 de julho e 8 de agosto deste ano. Já os Jogos Paralímpicos serão realizados entre 24 de agosto e 5 de setembro.

A capital japonesa registrou nas últimas 24 horas 920 novos casos de Covid-19, sendo este o maior número desde o dia 13 de março. Desde o início da pandemia, o país já teve mais de 800 mil casos confirmados e mais de 14,8 mil mortes. Até o momento, apenas 14,5% da população já foi totalmente imunizada