logo live news
Sports

A Seleção Brasileira de 2006 foi um dos MAIORES FRACASSOS, Por que o QUADRADO MÁGICO deu errado?

07/06/2021 2:49 PM

Pentacampeã em 2002, campeã da copa américa em 2004, campeã da copa das confederações em 2005, por que a seleção de 2006 e o quadrado mágico não deram certo?

Imagem: Reprodução


A seleção brasileira sempre foi muito badalada e não é pra menos, são 5 copas do mundo, 9 Copa américa, jogadores extraordinários e muita história!

O ano era 2006 e naquele época não era diferente, a seleção vinha de um titulo mundial em 2002, uma copa América em 2004 e em 2005 ainda tinha o chamado quadrado mágico, com Ronaldinho Gaúcho que tinha sido melhor do mundo em 2004 e 2005, tinha Robinho, Kaká, Adriano e ainda tinha Ronaldo, que um ano antes da copa do mundo, no torneio mais importante pré copa, foi convocado e deu uma entrevista dizendo que não estava tão feliz assim com a convocação, abre aspas para Ronaldo: “Isso aí é igual a Copa América, a gente já ganhou um monte nesses últimos anos, e daí? Hoje já é normal, e ninguém fala mais nada!”
Ronaldo ainda declarou que queria férias pra cuidar de problemas particulares.
O craque obviamente contrariou a CBF e sem muitas opções a entidade cortou o craque e a responsabilidade foi toda pra cima de Adriano Imperador! Isso não mudou em muita coisa, e apesar do sufoco na primeira fase a seleção brasileira conseguiu levar o caneco da Copa das Confederações pra casa.
Mas depois disso meus amigos, a festa pra 2006 começou, bem antes do que deveria, pois a torcida brasileira, a imprensa e todos do mundo do futebol acreditavam que a copa já tinha dono, e era da Seleção brasileira, que sem Ronaldo já havia dado um baile, imagine com ele!

A seleção era muito favorita, afinal vinha de um titulo mundial, um sul americano e ainda a copa das confederações, mas até mesmo uma seleção que reunia o melhor que o mundo do futebol tinha precisava de preparação, e essa preparação seria em Weggis na Suíça, mas seria, pois não foi bem assim.
A preparação foi uma festa, os jogadores mais se divertiam do que se concentravam, treinos abertos, samba, uma festa sem fim, além disso o preparo físico dos jogadores não era dos melhores, Ronaldo já não era mais o mesmo, Ronaldinho Gaúcho tinha disputado uma final de Champions 20 dias antes da Copa, Adriano não estava no auge de sua forma física, basicamente desses craques, Kaká era o único que estava voando quando o assunto era forma física.

Sobre a preparação em Weggis na Suíça, Roberto Carlos em entrevista disse que “Weggis era uma várzea”!
A CBF tinha contratos com grandes empresas e era obrigada a abrir os treinos, que não eram treinos e sim uma festa! Em média mais de 5 mil pessoas acompanhavam os treinos da seleção, com muito samba na beira de campo, comercialização de bebidas Alcoólicas aos torcedores e aquelas invasões de campo pra conseguir uma foto com os craques!

Alguns dias antes da estréia, Ronaldo, Roberto Carlos e alguns outros jogadores foram flagrados em uma boate por um jornal local, mas, os medalhões tinham algum crédito com a torcida!

Estava claro que aquela seleção tinha várias fragilidades, a melhor atuação desse time por exemplo, foi nas eliminatórias e sem Ronaldinho Gaúcho que estava suspenso, O brasil meteu um 5a0 no Chile com Robinho no lugar do craque, e nesse dia, Galvão Bueno apelidou o quarteto de quadrado mágico, mas Sem Ronaldinho Gaúcho e com o reserva Robinho, até isso era uma confusão Total!

Em todas as grandes atuações da seleção brasileira antes da Copa do Mundo, Robinho estava lá, só que ele era reserva do tal quadrado Mágico, que por sinal era o quadrado mágico mais desequilibrado que você iria ver no futebol brasileiro.
Um quadrado com Ronaldinho Gaúcho centralizado, e pra quem lembra, não era assim que ele jogava no Barcelona!
Tinha Kaká em sua melhor fase porém jogando de meia armador, coisa que ele não fazia no Milan, por lá ele encostava como um segundo atacante, e ainda existia o maior desperdício de qualidade lá na frente, com Ronaldo e Adriano disputando espaço dentro da área.
O quadrado era uma bagunça e isso só se percebe no Pior momento, no inicio da Copa do mundo!
o clima era aquele, o famoso oba oba e salto auto!

A copa começa com os 4 titulares jogando, era esperada uma copa brilhante de Ronaldinho Gaúcho que infelizmente fez uma péssima copa, com apenas uma assistência e menos de 10 finalizações em todos os 5 jogos, Obviamente era essencial um dos melhores do mundo mostrando seu futebol nessa copa do mundo;

Como já foi dito antes, a confusão era explicita e no jogo mais difícil da seleção contra a França, o tal quadrado magico é desfeito, Adriano sai do time e todo o desequilíbrio do quadrado é escancarado!

Outro fato dessa seleção, foram os retornos de Roberto Carlos e Cafu, que tbm não jogaram a Copa das Confederações, dando lugar para cicinho e Gilberto.
Cicinho, esse que era pedido sempre como titular por comentaristas e a torcida brasileira, porém o status de medalhão de Cafu falou mais alto!

Antes da copa do mundo o tal quadrado mágico fez apenas uma partida oficial, e totalizando tudo jogaram apenas 4 jogos oficiais juntos.

Essa seleção estreou contra a Croacia vencendo por 1a0.
Em seguida bate a Austrália por 2a0.
Contra O Japão toma um gol mas consegue virar a partida e vence por 4a1.
Nas oitavas da sorte nos cruzamentos, enfrenta Gana e mete um 3×0.
Nas quartas de final a triste derrota pra França por 1×0 com gol de Zidane, o mesmo carrasco de 1998.

Nesse jogo Adriano vai ao banco e da lugar a Juninho Pernambucano, mas mesmo assim a França domina o Brasil, podemos sim dizer que foi uma das maiores partidas individuais de um jogador na copa do mundo, Zinedine Zidane jogou demais nesse dia!
O brasil teve os 5 minutos iniciais de bom futebol, e aquele abafa final normal de um time que precisa do empate.

Quem assistiu o jogo vai lembrar que a seleção melhorou, e mesmo assim pouca coisa, com as entradas de Cicinho e Robinho, jogadores que foram pedidos durante TODA a copa pela torcida brasileira, para que jogassem um pouco mais de tempo.

A realidade é que essa seleção no final das contas só serviu pra deixar saudades, e mesmo assim saudades do que os jogadores faziam individualmente.

Kaká foi melhor do mundo em 2007;
Ronaldinho Gaúcho tinha sido nos dois anos anteriores;
Ronaldo era o artilheiro das copas;
Adriano artilheiro da copa das confederações, copa américa e vice artilheiro da Champions.

A realidade é que para essa Copa do Mundo a seleção brasileira tinha uma rara reunião de tudo o que tinha de melhor no mundo do Futebol, jogadores já consolidados, como Dida, Cafú, Roberto Carlos, Ronaldinho Gaúcho e Ronaldo. Tinha jogador que estava se consolidando, como Kaká e Adriano, e ainda tínhamos o futuro, com o Robinho.
Tudo de melhor estava nessa seleção, fora nomes importantes como Juninho Pernambucano, Emerson e Zé Roberto que também eram destaque por onde passavam!

Mas como dizia Carlos Drummond de Andrade: “No meio do caminho tinha uma pedra, tinha uma pedra no meio do caminho.”

*Este artigo não reflete necessariamente a opinião do Live News*