logo live news
mix

Clóvis de Barros Filho e Júlio Pompeu se unem em “Moral da História”

03/04/2021 19:02

A Editora Citadel lança em Março de 2021 o livro “Moral da História”, escrito pelos professores e filósofos Clóvis de Barros Filho e Júlio Pompeu. Por meio da narrativa de cenas aparentemente corriqueiras, os autores destrincham conceitos filosóficos, morais, éticos e históricos para provocar reflexões. Com humor apurado e linguagem acessível, os autores apresentam, de maneira profunda e ao mesmo tempo fluida, ideias intrigantes ao comparar autores, pensadores e autoridades de todas as escolas filosóficas.

“Exemplo escolar. Em dia de prova, o professor precisa deixar a classe por alguns instantes. Os alunos se aproveitam dessa ausência inesperada para consultar seus apontamentos. Um deles, porque não aceita fraude, não copia do caderno as respostas certas. Mesmo na ausência de um controle externo, faz a prova de mãos limpas, sem consulta. Obtém nota inferior à que obteria caso tivesse se aproveitado da situação. Usou a liberdade para respeitar as regras”.

O que é generosidade? O que significa ser honesto? Qual o limite da tolerância? São perguntas como estas que o livro se propõe a entender, e nem sempre responder de forma definitiva. 

Esta é a quarta publicação em conjunto entre Clóvis de Barros Filho e Júlio Pompeu. A parceria de muitos anos garante sintonia e complementaridade e ideias ao mesmo tempo em que é possível perceber a pena de Júlio e a voz de Clóvis. 

“Se não há espaço para a compreender um Sócrates hoje em dia é que erramos na humanidade (…) Falta filosofia. Falta poesia. Falta espanto. Falta se surpreender com ideias originais (…) Falta aguentar uma horinha sozinho lendo um livro, longe do celular. É esse vazio ético que Clóvis de Barros Filho e Júlio Pompeu abordam em seu consultório ficcional, acalmando com sabedoria os tumultos interiores de quem são estranhos, socráticos, intempestivos, loucos como eles” (Fabrício Carpinejar)